segunda-feira, 14 de julho de 2014

9 Coisas muito comuns que você usa de maneira errada

Postado por MAFRA   às  14:47   No comments
Muitos dos produtos que você tem em casa foram feitos para facilitar a sua vida, mas, ainda assim, de repente você se vê irritado com a capacidade que até mesmo as coisas mais simples têm de parecer complicadas demais quando você precisa delas. O fato é que muitos dos produtos que você usa são bem mais funcionais do que você imagina – talvez você apenas não saiba direito como utilizá-los. Duvida? Então confira algumas das dicas a seguir e depois nos conte quais delas são novidades para você:


1 – Caixinha/prato

Fonte da imagem: Reprodução/phoenixnewtimes
Se você abrir a caixa da sua comida chinesa, vai ter uma espécie de prato descartável, sabia?


2 – Escovar os dentes

Fonte da imagem: Reprodução/Tepe
Você precisa de bem menos creme dental do que está acostumado a ver em comerciais desses produtos. Uma quantidade correspondente a um grão de ervilha é o necessário. A ideia de que você precisa preencher a escova inteira com o creme dental serve apenas para fazê-lo consumir mais e, consequentemente, comprar mais.


3 – Tic tac

Fonte da imagem: Reprodução/sweetconfusion
A tampinha dessas pastilhas serve como um dosador.


4 – Tampa de sobremesa

Fonte da imagem: Reprodução/Sossolteiros
A tampa laminada desses potinhos se transforma em uma colher. Melhor ainda se você tiver certeza de que ela está bem limpinha.


5 – Canudo firme

Fonte da imagem: Reprodução/Doseng
Latinhas de refrigerantes, sucos e afins geralmente têm um espaço no lacre ideal para encaixar um canudo.


6 – Fio dental

Fonte da imagem: Reprodução/MyHealth
Faça um nó quando for usar fio dental e evite cortar seus dedos.


7 – Desentupidor

Fonte da imagem: Reprodução/plumbinghelp
Esse é o desentupidor ideal para vasos sanitários. A maioria das pessoas usa desentupidores sem esse formato específico na ponta, mas aqueles são ideias para pias e ralos, apenas.


8 – Porta-copos

Fonte da imagem: Reprodução/tri1025
A tampa que vem em seu copo de refrigerante pode ser usada também como porta-copo, sabia? Ela tem o encaixe ideal para isso.


9 – Porta-colher

Fonte da imagem: Reprodução/Mashable
Conhecido também como furo no cabo da panela.

sábado, 12 de julho de 2014

10 Excelentes e polêmicos filmes brasileiros que ninguém assistiu

Postado por MAFRA   às  19:15   No comments
Redentor (2004)
Redentor
Primeiro longa-metragem de Claudio Torres, que depois faria sucesso com A Mulher Invisível e O Homem do FuturoRedentor é estrelado por Pedro Cardoso e Miguel Falabela, apesar de ser um drama. Mesmo com a presença dos astros, e da presença de Fernando Torres e Fernanda Montenegro, pais do diretor, o filme atingiu menos de 50 mil espectadores. Ainda assim, muitos consideram que este trabalho é bastante superior às comédias que o cineasta lançou depois com muito sucesso.


A Máquina (2005)
A Máquina
Mais conhecidos hoje como os pais da atriz e cantora Clarice Falcão, o diretor João Falcão e a roteirista Adriana Falcão tinham um status alto quando lançaram A Máquina no cinema. Responsáveis por obras de sucesso na televisão, como a série O Auto da Compadecida, que logo viraria filme, e Sexo Frágil, o casal não conseguiu obter sucesso no cinema, mesmo com nomes como Mariana Ximenes e Paulo Autran, em um conto de fadas moderno adaptado para o sertão do nordeste do Brasil.


Eu Me Lembro (2005)
Eu Me Lembro
Poucos brasileiros conhecem o cineasta baiano Edgard Navarro, mas é certo que ele desperta um forte sentimento naqueles que assistem a seus filmes, mesmo aqueles que não gostem daquilo que viu. Comparado com o clássico Amacord, do italiano Federico Fellini, Eu Me Lembro  conta a história de um homem desde o nascimento até a fase adulta, com fatos históricos como pano de fundo. Com um elenco com poucos nomes conhecidos, o filme encanta pela poesia de suas cenas e pela bela produção.


A Via Láctea (2006)
A Via Láctea
Filha do poeta Mario Chamie e formada em filosofia e música, a cineasta Lina Chamie encheu seu segundo filme, A Via Láctea de poesia e sentimento. Usando como base uma discussão de casal, e como pano de fundo a caótica cidade de São Paulo, o filme estrelado por Marco Ricca e Alice Braga penetra a fundo a relação entre os personagens, através de um jogo de sons, palavras e imagens. Natural, desta forma, que o público se sinta ao final da projeção como se tivesse acabado de apreciar uma obra de arte.


Falsa Loura (2007)
Falsa Loura
É fácil ter uma impressão errada do filme do mestre Carlos Reichenbach, já que o intuito do experiente diretor neste seu último trabalho é justamente brincar com o as aparências, e talvez justamente isto tenha afastado parte do público. Apesar de um ótimo roteiro e um elenco competente, o longa acabou tendo mais destaque apenas atualmente, e por apresentar cenas sensuais com a atriz Rosanne Mulholland, deCarrossel, o que não faz jus à obra, que conta a história de uma operária iludida por um romance com um astro da música popular.


Onde Andará Dulce Veiga? (2007)
Onde Andará Dulce Veiga?
Baseado na obra de Caio Fernando Abreu – o real, não o do Facebook – o longa-metragem Onde Andará Dulce Veiga? é filmado pelo grande amigo do escritor, Guilherme de Almeida Prado, que mesmo assim afugentou alguns fãs de Caio. Com Maitê Proença, Eriberto Leão e Carolina Dickmann, o filme conta a história de um jornalista que tenta desvendar o mistério que envolve o desaparecimento de uma famosa cantora popular. Apesar de ser um ótimo filme, o baixo desempenho no cinema fez com que a obra tivesse dificuldade em ser lançada em DVD.


Bróder (2009)
Bróder
A relação entre três grandes amigos de uma infância pobre que tomaram rumos diferentes resultou em um maravilhoso filme pelas mãos do cineasta Jeferson De. A premissa parece banal, já que mostra um dos jovens como um famoso jogador de futebol (Jonathan Haagensen), outro como criminoso (Caio Blat) e o terceiro como um trabalhador em dificuldades (Silvio Guindane). A forma como o roteiro é conduzido, no entanto, dá ao longa grandes atrativos, com inspiração no norte-americano Spike Lee, mas recheado de elementos bem brasileiros. Mesmo assim, o drama pouco foi visto.


Tempos de Paz (2009)
Tempos de Paz
Adaptado da peça de teatro de Bosco Brasil, Tempos de Paz, de Daniel Filho, que mostra a tensa relação entre um ator polonês que tenta entrar no Brasil, vivido por Dan Stulbach, e o agente da alfândega que tenta impedí-lo, papel de Tony Ramos. A dupla mostra um show de interpretação pouco visto no cinema brasileiro. Com um texto pesado, o drama acabou não chamando tanto a atenção do público, mesmo com a presença dos atores e diretor globais, e levou aos cinemas pouco menos de 20 mil pessoas, número bastante diferente do filme anterior de Daniel Filho, também com Tony Ramos, Se Eu Fosse Você 2, que teve uma bilheteria de quase 6 milhões de ingressos.


Viajo porque preciso, volto porque te amo (2009)
Viajo porque preciso, volto porque te amo
Dois dos maiores nomes do cinema pernambucano se uniram em um projeto bastante autoral e poético que resultou em Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo. Marcelo Gomes (Cinema, Aspirinas e Urubus) e o cearense Karim Aïnouz (Madame Satã) usaram cenas que já haviam filmado, mas não usaram em filmes anteriores e criaram, em cima disso, a história de um geólogo que cruza sem a sua mulher amada o sertão nordestino, tão árido quanto seu coração. Sem mostrar sequer seu único ator, Irandhir Santos, o ousado filme enche os corações daqueles poucos que arriscam assistir e encarar sua difícil, porém bela, narrativa.




Heleno (2011)
Heleno
Nem mesmo a presença de um dos maiores astros brasileiros do cinema, de uma das mulheres mais bonitas do país e tratando de um assunto que está entre os favoritos no Brasil, Heleno conseguiu conquistar o público. Estrelado por Rodrigo Santoro e Alinne Moraes, o filme conta a história do jogador de futebol Heleno de Freitas. Talvez por ser preto e branco, ou por mostrar mais o drama pessoal do atleta do botafogo, que morreu jovem decorrente de sua vida desregrada, ou mesmo por trazer um Rodrigo Santoro assustador pela doença do personagem, o longa teve um resultado bem aquém do esperado.
Fonte BR Cine

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Criatura bizarra nasce em Chernobyl devido à radioatividade

Postado por MAFRA   às  21:00   No comments



Com níveis mortais de radioatividade, a usina de Chernobyl, na Ucrânia, é um dos lugares mais contaminados e perigosos do planeta. Mas nas ruínas desse inferno nuclear está nascendo uma criatura bizarra: um fungo que come radioatividade. 


Ou melhor, não apenas um: pesquisadores dos EUA descobriram que há 37 espécies mutantes crescendo em Chernobyl. Elas foram descobertas numa inspeção de rotina, quando um robô vistoriava o interior da usina e encontrou uma meleca preta crescendo pelas paredes do reator 4 – o mesmo que explodiu e provocou, em 1986, o pior acidente nuclear da história. 


Como é possível que, além de sobreviver à radiação, algum ser vivo consiga se alimentar dela? “Nossas pesquisas sugerem que os fungos estão usando um pigmento, a melanina, da mesma forma que as plantas usam a clorofila”, diz a cientista Ekaterina Dadachova. 


Ou seja: os fungos teriam sofrido mutações que os tornaram capazes de fazer uma espécie de “radiossíntese”, transformando radiação em energia. Dentro da usina, os fungos mais comuns são versões mutantes do Cladosporium sphaerospermum, que provoca micose, e a Penicillium hirsutum, que ataca plantações de alho. Mas como elas foram parar em Chernobyl? 


Afinal, o reator foi selado por uma caixa de concreto, o chamado “sarcófago”, após o acidente de 1986. “Os fungos penetraram pelas brechas”, acredita o biólogo Timothy Mousseau, da Universidade da Carolina do Sul. Será que, como num filme de terror, os monstrinhos atômicos podem sair da usina e se espalhar pelo mundo? 


Eles podem escapar do mesmo jeito que entraram, passando por brechas e rachaduras nas paredes. Mas, sem radioatividade para comer, não se dariam bem fora da usina. “Geralmente, os organismos que conseguem se sair bem em um local extremamente hostil têm dificuldades em outros ambientes”, diz Mousseau.

acidente nuclear de Chernobil ocorreu dia 26 de abril de 1986, na Usina Nuclear de Chernobil (originalmente chamada Vladimir Ilyich Lenin) na Ucrânia (então parte da União Soviética). É considerado o pior acidente nuclear da história, produzindo uma nuvem de radioatividade que atingiu a União Soviética, Europa Oriental, Escandinávia e Reino Unido, com a liberação de 400 vezes mais contaminação que a bomba que foi lançada sobre Hiroshima. 

Grandes áreas da Ucrânia, Bielorrússia e Rússia foram muito contaminadas, resultando na evacuação e reassentamento de aproximadamente 200 mil pessoas. Cerca de 60% de radioatividade caiu em território bielorrusso. O acidente fez crescer preocupações sobre a segurança da indústria nuclear soviética, diminuindo sua expansão por muitos anos, e forçando o governo soviético a ser menos secreto. 

Os agora separados países de Rússia, Ucrânia e Bielorrússia têm suportado um contínuo e substancial custo de descontaminação e cuidados de saúde devidos ao acidente de Chernobil. É difícil dizer com precisão o número de mortes causadas pelos eventos de Chernobil, devido às mortes esperadas por câncer, que ainda não ocorreram e são difíceis de atribuir especificamente ao acidente. 

Um relatório da Organização das Nações Unidas de 2005 atribuiu 56 mortes até aquela data – 47 trabalhadores acidentados e nove crianças com câncer de tireoide – e estimou que cerca de 4000 pessoas morrerão de doenças relacionadas com o acidente. O Greenpeace, entre outros, contesta as conclusões do estudo.

Fonte: Abril Ciências

Humilhação fez mulher mudar de vida

Postado por MAFRA   às  14:12   No comments

Moradora de Natal, no Rio Grande do Norte, Crys Oliveira teve um choque quando um parente lhe disse que ela deveria sair no carnaval fantasiada de “moma”, de tão gorda que ela estava.

A indignação não foi à toa. “Para falar a verdade, eu não me via gorda, eu me via cheinha”, explica Crys. “Quando ouvi isso, foi a gota d’água. Chorei muito e decidi que nunca mais ninguém pisaria em mim”. Passados 11 meses, Crys Oliveira está bem próxima de sua meta. Ela, que já pesou 107kg, está agora  73kg, distribuídos em 1,68m de altura. E, o melhor de tudo: encontra-se a apenas 3kg do peso desejado.

“Ainda não cheguei à minha meta. Meu desejo é pesar 70kg, mas mantendo a  muscular que conquistei, porque hoje tenho para mim que não importa o peso , mas  o percentual de gordura”, esclarece a moça.

Casada e mãe de dois filhos – um menino de 9 anos e uma menina de 3 –, Crys chega aos seus 35 anos em sua melhor forma. E nem pensa em desistir. “A autoestima é a recompensa para quem emagrece. Você fica mais confiante, mais forte, mais feliz”, diz a moça. “Eu me sinto super bem ao vestir uma roupa, ao sair de casa, ao tirar um , e meu esposo amou. Isso não tem preço.”

Conheça, a seguir, mais da história dessa vencedora.




Quando você decidiu que precisava emagrecer?
Crys Oliveira - Bem, para falar a verdade, eu não me via gorda, eu me via "cheinha" (risos). Uma certa vez comentando um parente sobre fantasias de carnaval ele me disse que eu deveria sair de "moma".Isso foi a gota d'água! Chorei muito e disse para mim mesma: “ninguém mais pisa em mim”.



E como sua decisão foi recebida?
Crys Oliveira - As pessoas acreditavam que haveria resultado. Soltavam  e riam de mim. Mas eu disse: "eu vou mudar". Coloquei a  de uma moça linda no meu  que até então eu não sabia quem era (Gracyanne Barbosa) e disse : “vou ficar assim”.



Como começou a sua transformação?
Crys Oliveira - Eu iniciei meu emagrecimento com caminhada. Eu andava 1 hora por dia todos os dias. Quando queria desistir olhava para foto e me lembrava das risadas e piadas que faziam a meu respeito e transformava tudo aquilo em FORÇA. Com um mês comecei a correr e foram 3 meses de caminhada-corrida. Corria todo dia chovendo ou não, e era cerca de 9km. Minhas pernas doíam mas eu não parava.E tudo isso depois q colocava minha filha para dormir a noite. Depois desses 3 meses entrei na academia.


Quanto tempo levou para você emagrecer esses 34kg?
Crys Oliveira - Levei uns 11 meses para perder 34kg e ganhar músculos. Ainda não cheguei à minha meta. Meu desejo é pesar 70kg, mas mantendo a massa muscular que conquistei, porque hoje tenho para mim que não importa o peso , mas sim o percentual de gordura.


Você conseguiu identificar o que te fazia engordar?
Crys Oliveira -Percebi que a ansiedade era o que me fazia engordar. A corrida foi uma aliada contra esse mal. Até hoje corro todo dia.


Como foi sua dieta?
Crys Oliveira -Na verdade eu não fiz dieta, eu fui retirando toda semana algo q não poderia comer. Fui me reeducando. Com a reeducação eu aprendi que alimentação correta é o segredo da vida saudável. Não sinto falta das besteiras que eu comia: massas, molhos, pães, doces, salgados e chocolate. Não vou mentir: vez ou outra eu como um chocolate, mas me livrei da necessidade diária.


Teve algum segredo no seu cardápio que você não revelaria para ninguém mas que conta aqui pra gente?
Crys Oliveira -Confesso que o repolho foi meu principal segredo durante esse tempo todo. Descobri que ele dá saciedade e que o organismo gasta mais calorias para dissolvê-lo que as próprias calorias que ele traz para o corpo.


Qual foi a sua maior dificuldade nesse período de emagrecimento?
Crys Oliveira -Minha maior dificuldade foi o chocolate. Eu comia uma barra por dia.


Qual foi a importância da atividade física para a sua mudança de vida?
Crys Oliveira – A atividade física é tão importante quanto o ar que respiro (pelo menos para mim rsrs). Ela te faz renascer, te transforma em outra pessoa, outra energia, outro modo de viver a vida.


Como é a sua rotina de treinos?
Crys Oliveira - Antes da decisão de perda de peso eu não praticava nenhum exercício. Só cuidava da casa e dos filhos. Hoje treino todo dia e meu treino muda sempre. Minha meta agora é definição. Faço 40 minutos de corrida e 35 minutos de musculação.


Qual foi o maior ganho que você teve com a sua mudança de vida?
Crys Oliveira - A autoestima é a recompensa para quem emagrece. Você fica mais confiante, mais forte, mais feliz. Eu me sinto super bem ao vestir uma roupa, ao sair de casa, ao tirar um foto, e meu esposo amou. Isso não tem preço.


O que você tem a dizer para aquelas pessoas que estão tendo dificuldades para vencer a obesidade e o sobrepeso?
Crys Oliveira - No meu conceito todo mundo tem a capacidade de emagrecer. Não existe ninguém fraco. Se você decide dentro de você mudar, você muda! Mas é preciso que você acredite em você. Mesmo que todo mundo diga : você não tem mais jeito (como disseram para mim), eu fui lá e mostrei que "tudo é possível, basta acreditar. Gostaria de dizer as pessoas que se encontram na mesma situação que eu estive um dia que elas não desistam. Que lutem, que sejam fortes, que não olhem para o que os outros dizem, que acreditem nelas, que determinem em seu coração que podem mudar, que escrevam uma nova história para elas, que não aceitem ser mais um na multidão, que deem a volta por cima. Pois, acredite, a melhor sensação que já tive na minha vida foi ver quem me disse "você não consegue" baixar a cabeça com minha transformação. Então força na peruca, porque você é capaz!!!!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

5 Pessoas misteriosas que protagonizaram histórias perturbadoras

Postado por MAFRA   às  16:28   No comments

1. Raoul: o assassino de Martin Luther King

Martin Luther King é um dos maiores nomes da história dos Estados Unidos e da civilização moderna. Mas em 4 de abril de 1968, ele foi atingido por um disparo de rifle quando passava em frente a um hotel em Memphis. Dois meses depois, James Earl Ray foi capturado e anunciado como o autor do disparo. Mas Ray (na foto abaixo) sempre disse que quem estava por trás de tudo era um homem chamado Raoul.
Ele teria contratado Ray para uma série de delitos e até mesmo para comprar um rifle. Esse rifle teria sido o mesmo utilizado para o assassinato de King e fez com que a culpa caísse sobre Ray. Mesmo assim, o acusado continuou mantendo a versão de que ele entregou o rifle para Raoul no dia 3 de abril e que estava em outro lugar no momento do crime. Até hoje há quem diga que o Raoul é o verdadeiro assassino, mas a teoria mais aceita é de que ele foi inventado por Ray.


2. Lori Erica Kennedy: um passado perturbador

Em 2004, um homem do Texas se casou com Lori Erica Kennedy, tendo um filho com ela quatro anos depois. Por todo o tempo, ela nunca quis responder nada sobre a vida antes de conhecer o marido e isso gerava brigas constantes — que duraram até o divórcio, em 2010. Na noite de Natal daquele ano, ela não suportou a pressão da situação e cometeu suicídio.
NY Daily News
Depois da morte, o ex-marido de Lori encontrou uma caixa secreta com vários documentos dela. Esse material provava que ela não se chamava Lori até 1988, ano em que conseguiu mudar de nome. O detalhe é que ela mudou de nome com base em documentos de outra pessoa: Becky Sue Turner, que havia morrido aos dois anos de idade, em 1971.
Ou seja: Lori Erica Kennedy não era o nome de nascença dela. Assim como Becky Sue Turner também não. O que ela fez ou de onde ela veio ninguém jamais saberá.


3. Scott McKinley ou Paul Fronczak?

No dia 2 de julho de 1965, um bebê abandonado foi encontrado em Nova Jersey (Estados Unidos) e a polícia não conseguiu encontrar qualquer pista que comprovasse a origem dele. Ele foi encaminhando para um lar temporário e foi batizado de Scott McKinley, mas logo a história dele se cruzou com outra: a de Paul Fronczak. Um ano antes, Fronczak havia sido sequestrado por uma enfermeira (ou uma impostora, não é sabido) em Chicago.
NBC News
Mesmo após o exame de sangue ter sido inconclusivo — testes de DNA não eram uma realidade na época —, os pais de Paul assumiram que o pequeno McKinley era o filho perdido e o adotaram, colocando o nome desejado na criança: Paul. Em 2012, ele decidiu fazer o teste de DNA e descobriu que não existe conexão biológica entre ele e os pais. Com isso, até hoje não se sabe a origem dele e nem o destino do filho verdadeiro dos Fronczak.


4. Os assassinos de Londres

Em 1888, a cidade de Londres foi assolada por uma sequência de crimes que deixou muitas mulheres amedrontadas. Um assassino em série alcunhando por “Jack, o Estripador” foi responsável pela morte de pelo menos cinco mulheres. Muitos homens da época foram considerados suspeitos — algumas teorias incluíam o escritor Lewis Carroll e o médico da rainha: William Gull.
Mesmo assim, nenhum dos suspeitos foi acusado pelos crimes por falta de provas. Desta forma, até hoje não se sabe quem seria o verdadeiro Jack. Na mesma época, diversos outros assassinos em série surgiram em Londres, com os mais diversos modos de operação. A grande maioria dos casos permaneceu sem solução.


5. George Brody

Anna Water (na foto abaixo) tinha apenas cinco anos de idade quando foi sequestrada na Califórnia, em 1973. Nenhuma pista foi encontrada, mas a história é bem pior do que você está imaginando. Pouco tempo antes, o pai dela (George Waters) ficou amigo de um homem chamado George Brody. Muito manipulador, Brody controlava a vida de Waters — que nesse mesmo período foi diagnosticado com esquizofrenia paranoide.
Charley Project
A junção disso fez com que ele se divorciasse da mãe de Anna. Foi logo após isso que a garota foi sequestrada da casa em que vivia com a mãe. A única informação que a polícia tinha é que uma testemunha viu dois homens passando pela região com um pequeno caminhão. Nunca houve qualquer evidência de que eram Brody e Waters ou de que eles sequestraram Anna.
Fonte via: Megacurioso

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Vergonha! 16 Traduções hilárias de placas e avisos em inglês feitos para a Copa

Postado por MAFRA   às  12:44   No comments
A Copa do Mundo 2014 está se aproximando e logo as terras brasileiras serão invadidas por milhares de estrangeiros de diversas nacionalidades que irão acompanhar os jogos por aqui. Como é de se esperar, inúmeros estabelecimentos comerciais e placas de ruas ganharam traduções para atender os gringos; acontece que alguns deles talvez não sejam tão explicativos assim.
Muitos brasileiros cometeram erros básicos de inglês (como trocar algumas letras) ou de conteúdo mesmo (indicando áreas de acesso como de saída), porém os erros mais engraçados são aqueles que traduzem as expressões brasileiras ao pé da letra. 
Quando traduzimos textos, expressões ou nomes, não podemos traduzir tudo 100% igual ao original, pois muitas vezes as traduções não fazem tanto sentido (ou nenhum) em inglês – e inclusive podem confundir mais do que ajudar –, além de adquirirem outro significado. É preciso adaptá-las. Confira alguns exemplos:


1 – Queijo de minas


2 – Entrada e saída que foram invertidas


3 – Pão resfriado


4 – Está faltando um R


5 – Eles vão pensar que é cupim de verdade


6 – Setor norte foi traduzido como setor sul


7 – Diversos exemplos


8 – Gravatinha para sugar?


9 – Todos estão contra o filé


10 – Vários exemplos


11 – A bebida mate foi traduzida como “kill” (do verbo matar)


12 – Mais exemplos de cardápio


13 – Cuidado que essas cervejas latem


14 – Também estão contra esse filé aqui


15 – Embarque e desembarque com nomes invertidos


16 – Sem comentários

Voltar ao topo ↑
Siga-nos

© 2013 VOCÊ SABIA?. WP Mythemeshop Converted by Bloggertheme9
Blogger templates. Proudly Powered by Blogger.